Quer receber as publicações do Uhull S.A. diretamente no Facebook?
Curta a nossa fanpage e seja notificado de tudo que sai aqui no Blog.

E na Rússia, um campo de lançamento de mísseis acabou tendo uma cena inusitada e extremamente perigosa. O lançamento de um poderoso míssil S-300 falhou e a coisa ficou preta.

Mas acha que o cinegrafista ficou preocupado? Ele queria fornecer boas imagens!

COMPARTILHAR
  • Jeiel Silva

    Eu esperando essa budega explodir, ficou foi parecendo uma maria fumaça.

    • José Daniel Wolf

      o mesmo

      • Bruno Bernardo

        Exatamente o que eu ia dizer, só nao entendi pra que serve? É tipo pra virada do ano?

    • Chico AMX

      J. Silva, este é um míssil SAM (surface to air missele) uma arma anti aerea, das grandes, existe o S400, este, o S300 estava sendo avaliado pelo EB… mísseis modernos como este, indiferente da fabricação, não explodem facilmente, pois eles se armam bem longe da estação… fazem próximo ao alvo… e a quantidade de explosivo não é tão grande como a de um SSM (surface to Surface missile) que carrega uma grande quantidade de TNT, um SAM é 90% combustível, pois precisa de muita energia para subir e manobrar em velocidade acima de MACH 2,5… chegando a MACH 4 em fase final de voo… este S300 pode atingir um alvo a mais de 100km de distância, voando a mais de 25mil metros (estratosfera). O que aconteceu foi a queima do combustível…

      • Jeiel Silva

        Bem esclarecedor

      • Porra, Chico, quem é você???
        Wow

        • Chico AMX

          he he, só um entusiasta de aero-militar… cultura inútil? mas eu “gostchu!” he he… porém, relativamente falando, vou citar um caso, acorrido na guerra das Malvinas, em 1982, Argentina vs Inglaterra… em dado momento, logo com a chegado dos britânicos às proximidades das ilhas, os Argentinos, que já haviam tomando a ilha, estabeleceram um perímetro defensivo sobre a area de Port Stanley (capital) e lá, além de outras defesas, instalaram canhões anti-aereo com comando eletrico guiados por radar e visualmente (se eu não me engano eral canhões Oerlikon…vor pesquisar)… bem… fosse eu no comando, e fosse argentino, eu tinha 14 anos apenas, das artilharias anti-aereas, não teria permitido a derrubada de um de nossos aviões!!!: explico: o Oficail de comando permitiu ataque a um Mirage IIIEA de sua própria força! pois o avião passou sobre a area defendida e alijou (ejetou) seus tanques subalares de combustível (isso se faz quando o piloto pressente uma ameaça e precisa melhorar a agilidade, e o desempenho como um todo do caça, ele consome primeiro o combustível dos tanques – que realmente parecem bombas para os leigos – e depois o combustível interno… logo, sendo necessário, para a sobrevivência própria, o piloto se livra dele, para combater a ameaça ou para fujir com eficiência.) neste momento, o pessoal todo, que não sabia diferenciar tanques de bombas (tudo aconteceu no visual mesmo) e, muito menos, um Mirage III (a FAB tinha estes aviões até 2005) de um SEA HARRIER (aqueles que decolavam na vertical – VSTOL) um avião é o famoso delta e o outro tem uma silhueta menor e bem diferente com asa em ponta de seta com profundor (o Mirage não tem profundor) … no final, como disse, minha cultura inútil para minha profissão e para o meio que vivo, acabaria sendo útil, fosse eu um jovem artilheiro argentino em 1982! HE HE HE
          Abraço!

          • zéé

            unico missil que conheço é o A-Darter da Mectron aqui no brasil , pois participei um tantinho no projeto dele e ja acho monstroo kkkkkkkk

          • Chico AMX

            O A-Darter… assim como o já usado Derby… “míssil de pobre”… no caso do Derby, nem mais os fabricantes vendem ao seu próprio país… a IDF quer coisa boa, AMRAM 120D… e quem sabe o MBDA Meteor… imagine vc o que pode dar em um produto que precisa da mais alta tecnologia existente para ter uma efetividade de 30%, ser desenvolvido e fabricado por Africa do Sul e Brasil… vai custar caro e ser inferior… mas, para se usar no Pulga Sueco, tá bem bom! vamos pagar por um F-5 viking (O gripen E) o valor de um Rafale, que é outro patamar… para a FAB continuar na vidinha de pagar salario e encomendar avião de 50milhas por 200milhas… sabe quanto pagamos por cada modernização de F-5? mais de 20milhões de USD! e a modernização não passou de uma melhoria bem meia boca… com este valor e mais uns trocados dava para terem pego uns 60 F-16A do AMARG (no deserto do arizona) e modernizar para um padrão C… mas a FAB adora gastar dinheiro em velharia… para dizer o mínimo… agora vão gastar bilhões num caça que só a FAB e a FAS vão operar… num céu de F-35, estamos investindo num projeto de 4geração… sendo que a 5 geração já é realidade!… aliás, tem investigação sobre este contrato do Gripen… logo vai rolar mais cabeças…

        • Chico AMX

          mas para que as pessoas saibam, não foi por esta errada que os Argentinos podem ser taxados de incompetentes… poucos sabem, mas eles quase venceram a Rainha e sua “Chefona” a saudosa Margaret Tacher… a aviação Argentina, tanto naval como da FAA, foram muito corajosas e valentes… e, mesmo com mísseis ar-ar defasados enfrentaram os modernos Sea Harriers, que eram inferior em desempenho ao Hipersônico Mirage III, mas contavam com misseis ar-ar no estado da arte, além da vetoração poderosa do NAE britãnicos, o Hermes e o Invencible… com cobertura radar bem poderosa comparando com os recursos argentinos… a verdade é que, no dia fatídico, na batalha final (sim, teve uma!) na baia de São Carlos, se mais um navia Ingl~es tivesse sido destruído ou posto fora de combate, a Inglaterra não teria forças para desembarcar com eficiência e muito menos manter mais do que 12 horas de combate em terra… seriam fustigados pela artilharia argentina… mais uma série de eventos de sorte, ajudaram os royal marines a atingir seus objetivos e conseguir a rendição dos argentinos… mas não foi uma surra como muito pensam… foi, digamos, uma partida de 5×4, decidida nos 45minutos do segundo tempo… 🙂

      • Rodrigo Soma Rodsoma

        Deve ser o filho do Rambo.

        • Chico AMX

          he he… tenho quase a idade do Rambo… 🙂 … mas o Rambo “é” soldado, corajoso, que pega nas ferramentas… eu, seria aquele que indica a ferramenta a ser usada… mas não me atrevo a sair de trás da mesa… só para jogar COD… 🙂

  • Diego Dos Santos

    o pau no cu não sabe filmar