Quer receber as publicações do Uhull S.A. diretamente no Facebook?
Curta a nossa fanpage e seja notificado de tudo que sai aqui no Blog.

Existem alguns países que, forçados pelo governo, acabam ficando isolados do resto do mundo. Os exemplos mais clássicos desse sistema são Coreia do Norte e Cuba, que recentemente renovou as relações com os EUA e, de certa forma, deu esperança de que as coisas podem melhorar.

O fato é que, em lugares assim, onde o povo está totalmente na mão dos governantes, assistir um filme pela internet, ou até mesmo ouvir uma música nova, pode ser um desafio, já que a internet está extremamente limitada. Em outros países, para se ver um filme diferente, basta abrir o Netflix e desfrutar do conteúdo a qualquer momento. Em Cuba, a internet não consegue reproduzir conteúdo assim e a população é “obrigada” a assistir os canais locais liberados.

Mas não pense que os cubanos deixam de ver filmes lançamentos, músicas e até mesmo notícias que não aparecem por lá. Esse vídeo mostra como eles recebem semanalmente mais de 1Tb em conteúdo pirateado em suas casas. Um comércio que alimenta o país inteiro!

COMPARTILHAR
  • andre lopes

    Acho que Cuba tem potencial para ser a nova Russia na internet, quando os cubanos despirocarem a fazer videos para o youtube ninguem segura eles, rs

  • Deivid

    Mentira!!!! CUBA É O PARAISO!!! Os cubanos que fogem de lá são todos burros que querem ser oprimidos pelo imperialismo americano!!! Li no livro de história do MEC.

    • Mas que formidável!

      rs