Como parar o ataque de cão a uma pessoa

8
36

Se você se depara com um cachorro atacando uma pessoa, saberia o que fazer para tentar impedir o ataque e fazer o animal soltar?

Existem raças que, após após morder a vítima, não abrem mais a mandíbula de jeito maneira. Para tentar ajudar em casos, o canal Akban resolveu mostrar técnicas para fazer o cachorro parar o ataque. Veja só:

É claro que, nesse caso, o animal é treinado e controlado. Mas dicas assim podem ajudar a salvar vidas.

  • Mas e se você é o cara morrendo no ataque??

    • Duduluca

      sabe rezar?

      • (•_•)
        “Respeito os deuses…”
        ( •_•)>⌐■-■

        “..mas não conto com eles.”
        (⌐■_■)

        • Duduluca

          Então corre que fudeu…

  • Andre Wilbert

    Infelizmente o que ele está ensinando, praticamente não se aplica em situações reais, principalmente assumindo que o cão não foi incitado por alguém para o ataque. Bom, considerando que não estamos falando de cães de raças pequenas, e nem aqueles tipicamente mansos e/ou lentos, vamos lá.

    Geral
    (1) Salvo exceções, a pessoa atacada é um estranho, ou alguém que o cão já não gosta por algum motivo, com isto, ele não vai hesitar nem um pouco no ataque.
    (2) Salvo situação em que o cão está se defendendo, ele continuará o ataque até entender que derrotou o oponente por completo – ou o matou. Se estiver se defendendo, é possível que ele ataque e machuque a pessoa, mas depois irá fugir.

    A vítima/oponente
    (1) Sem contar quando a pessoa provoca realmente o cão, nas outras situações ela é pega de surpresa. Muitos correm, e acabam caindo por estarem desorientados ou simplesmente porque os cães são mais velozes.
    (2) Não adianta pensar que vai ter “sangue frio” pra se defender. Na hora do aperto, a pessoa esperneia, e nem sequer consegue visualizar bem como se defender. A reação mais acertada – mas nunca feita – é colocar as mãos e braços para a frente, em direção ao cão, pra ele morder. Se ele não encontrar teus braços, irá nas pernas e te derrubará, ou então irá direto para as partes moles do abdômen ou pescoço e a cabeça.

    Para quem estiver socorrendo
    (1) Cães treinados ou com características específicas na mandíbula,
    realmente não vão soltar facilmente a mordida. Mas a maioria ataca com
    mordidas firmes, rápidas e curtas. Ou seja, crava os dentes, “sente” a
    reação da presa, solta e morde de novo em outro local, sempre se movendo
    e dificultando você chegar até ele. Tente segurar a coleira, e o cão irá morder você também.
    (2) Se o cão mantiver a mordida, NESTE caso, o procedimento mencionado é útil, mas lembre-se de fazer isto tudo em poucos segundos. Se o cão “entender” que está sendo pego por trás, ferrou.

    Um procedimento que aprendi (e nunca precisei usar), é chegar por trás do cão, rapidamente agarrar suas pernas traseiras e puxá-las para cima ao mesmo tempo que você dá um passo para trás. A dor na bacia e a perda de equilíbrio, fará o cão soltar a mordida. Gire o corpo como um pião, e arreme-se o cão longe. (Eu adoro cães, mas estou falando de salvar uma pessoa.) Agora ajude a pessoa e corra para um local seguro. É muito provável que o cão fique com medo e fuja, se não estiver machucado com o impacto, mas por garantia….

    • Que aula, hein amigo.

    • Sheldon Fellow

      uma técnica que aprendi com um amigo que foi treinado para esse tipo de situação (quando não há ajuda de ninguém):
      1- caso você veja o cão se aproximar de você e vir QUE SERÁ INEVITÁVEL a mordida, vc introduz (isso mesmo) sua mão na boca do cachorro com ela aberta porém com dedos unidos até a “goela” do animal, isso vai atordoar ele e a mordida será muito rápida e ele soltará rapidamente por extinto, pois seu cerebro associará a mordida a algo ruim.
      2- essa é muito dolorida e é utilizada em casos aonde você tem plena convicção que o animal jamais soltará você a não ser que haja morte (sua ou dele) ex: pitbulls, rottweilers, etc. Dê o braço, conforme o vídeo acima para ser mordido, e force usando a outra mão a cabeça do animal para trás, quebrando seu pescoço.

      Há quem diga q ambas as medidas tomadas são absurdas e que estou falando asneira, mas em situações extremas exige medidas extremas.. segundo foi passado para mim..
      ps: quem discorda dessas dicas ou acha absurdo não precisa xingar ou dar “rage”. ok ? obrigado.

    • Osnir

      Essa de levantar o cão eu já vi, funciona mesmo. Bom texto, você escreve bem.
      Parabéns.