Vídeo mostra estátua de Jesus abrindo os olhos em igreja no México

9
8

Gravado dentro de uma igreja no México, esse vídeo está deixando muitas pessoas de cabelo em pé. Segundo informações, o homem fazia imagens da igreja e do cristo quando, de repente, se deparou com a estátua abrindo os olhos.

O vídeo foi até publicado pelos jornais britânicos Dailymail e The Sun, que disseram que investigadores paranormais estão analisando as imagens.

Fake? (As imagens desses “fenômenos” são SEMPRE zoadas.. SEMPRE)

Fonte: The Sun

  • Emanuel Natanael

    Fake

  • Bruno Alves de Padua

    Fake? imagina, super normal uma igreja realizar uma missa no escuro.
    mais ainda você ir na igreja e começar a filmar e dar zoom na cara de uma estátua sem saber que ela vai abrir os olhos…
    aham claro…

    • Segundo

      Bruno, não vou aqui falar se o video é fake ou não, mas sim celebra-se o oficio das trevas somente a luz de velas, e normalmente quando um pequeno grupo está rezando somente o terço, com no momento da filmagem, não se acendem todas as luzes. Outro rito que celebra-se no escuro, é quando acende o círio pascoal.

      Novamente não estou falando se o vídeo é fake ou não, somente dos ritos que são feitos a meia luz ou somente luz de velas.

      • Bruno Alves de Padua

        Claro e durante o oficio das trevas, alguém pega uma camera e começa filmar, não o evento em si, ou quem o celebra, mas uma estátua, bem eu digo e repito, é fake, não existe sobrenatural.

  • Bruno Breja

    Fake, a imagem perde o foco quando a estatua vai abrir os olhos, essas coisas são sempre fake.

  • Idéia do cara que filmou: Galera rezando, eu nada pra fazer…. deixa eu filmar essa estátua… talvez hoje ela abra os olhos….

  • Mas que formidável!

    Fake ou não ficou bastante sinistro isso aí. Se eu fosse diretor de terror anotaria isso pra algum próximo filme.

  • Rafael

    kkkk não acredito que a mídia mainstream perdeu tempo com isso.

  • Douglas

    Ele deve ta pensando
    “Tu ta me tirando né filhão? Em vez de filmar, me desce daqui.”