Quer receber as publicações do Uhull S.A. diretamente no Facebook?
Curta a nossa fanpage e seja notificado de tudo que sai aqui no Blog.

Conheça “The Void”, o que pode ser um dos melhores parques temáticos do século XXI.

Confirmado para 2016, o projeto tem como objetivo abrir o primeiro parque de realidade virtual, com alta definição, do mundo.

Apenas imagine você jogando e vendo as criaturas na sua frente, como se fossem reais, e ainda ter experiências imersivas.

  • Incrivel !!! No brasil em 2089

  • Ken H.H

    Sou o único que não vê graça nisso? Tipo, um cockpit que simula o movimento do carro ou do avião, um Óculus Rift, ok, legal, mas sair andando por ai com uma arma na mão, correndo e etc pra jogar um game?! Ah, sei lá, jogo pra não ter que fazer esforço físico e sim mental, se quero me mexer, prefiro praticar um esporte ou ir pra academia…

    Mas gosto é gosto.

    • Penso 100% o contrário… a diversão é diferente, mais realista, se nao tiver delay ou lag vai parecer estar dentro do jogo literalmente…
      Nao vejo jogos como parte de atividade esportiva, busco apenas diversão nestes momentos, a forma de como alcançar se é sentado ou correndo é irrelevante, a menos que seja muito obeso ou tenha alguma mobilidade reduzida e tenha uma clara desvantagem em relação aos outros adversarios, ai entendo.

      • Ken H.H

        Sim, mas acho essa busca pela simulação perfeita muito grande, mas com pouco resultado para o consumidor final como nós.
        Particularmente, prefiro jogar um paintball ou um airsoft do que ficar apontando uma arma pra tela e esperar que uns pixels mudem de cor ou lugar.
        Mas vai de cada um, o importante é a diversão 🙂