O primeiro vídeo da mega explosão causada pela “Mãe de Todas as Bombas”, lançada pelos EUA

17
2745

As Forças Armadas Americanas e o Pentagono liberaram um vídeo, registrado por satélite, mostrando o estrago causado pela “Mãe das Bombas” MOAB, artefato conhecido como GBU-43/B, que foi lançado no dia 13 de abril em um sistema de túneis e cavernas usados pelo Estado Islâmico no Afeganistão.

O projétil de 10 toneladas fez um estrago gigantesco e matou cerca de 36 membros do Estado Islâmico. Veja a explosão:

[UPDATE] O visitante RodrigoCSouza fez um comentário e confirmou que o segundo vídeo não foi feito no Afeganistão, mas sim, no Yemen, em 2015. Pelo que pesquisei, ainda não sabem se foi uma mini bomba nuclear ou uma MOAB que atingiu aquela região. Mas foi uma modafoca das bombas também. Obrigado, Rodrigo.[/UPDATE]

COMPARTILHAR
  • LeMonstre

    É assim mesmo que se dialoga com o isis. Mas sei lá… uma bomba desse tamanho, que deve ser bem cara, e apaga só uns 36? Tomara que o trump saiba como cagar dinheiro

    • Jack Bauer

      Já foi corrigido, parece que a contagem total deu uns 96 terroristas do ISIS.

  • Gastou uma fortuna com uma bomba pra mata 36 lunáticos séria melhor e mais barato manda soldados pra essa região

    • Acho que o objetivo era detonar as cavernas e túneis. Pelo jeito derrubou meia montanha, segundo noticiários.

      • Jean Machado

        exatamente buda…o objetivo era diminuir as rotas e locais “seguros” para eles…ali era o QG dos caras…

        • Marcio Lopes Barberman

          E o principal, ali eles guardavam milhares de armas e munições, e foi tudo pelos ares

  • Gandalf Amiguinho Mimizento

    com tanta coisa boa e barata: gás mostarda, napalm, antrax. Amadores.. até Kim Jong-un faria melhor kkkkkkkkk

  • Wilians Charles

    Não sei se foi impressão minha, mas no meio da explosão deu pra ver algo como um corpo “voando”!

  • rodrigocsouza

    Este vídeo não é da MOAB no Afeganistão. Foi filmado há um ano atrás no Yemen. Desculpa.

  • John

    Não se trata do mesmo terreno os videos, notem que no primeiro vídeo onde foi lançada a Moab trata-se de um vale, onde o raio de impacto cruza todo o vale, não havendo traços de cidade próxima, no segundo vídeo como pode ser visto, foi gravado em uma cidade e o raio da bomba não é tão amplo como a anterior.

  • Filipe Zanini Broetto

    Mini bomba nuclear eu nao creio… é necessaria uma certa massa critica de uranio ou plutonio pra iniciar uma reação em cadeia… e quando se tem a massa critica, as bombas possuem muitos kilotons e a essa distancia, esse cara filmando teria sido pulverizado. Outra coisa em bombas nucleares é o “flash” de luz que antecede o cogumego de fogo, onde durante alguns milionésimos de segundos as temperaturas chegam a alguns milhoes de Kelvin (mais quente inclusive que o núcleo do sol) … a moab tem 10 toneladas de explosivo (a bomba de hiroshima por exemplo, que era uma bomba de implosão feita com plutônio, tinha poder estimado em 20000 toneladas de TNT), mas o explosivo usado na MOAB é diferente, nao é TNT. É uma bomba termobárica, que tem um efeito muito mais devastador, utilizando todo o oxigenio em volta e criando primeiro uma onda de pressao positiva (impacto e expnsão) e logo em seguida, uma onda de pressao negativa (vácuo) que arrebenta tudo…

    • Filipe Zanini Broetto

      Uma outra possibilidade é uma bomba de neutrons, que é similar a uma bomba nuclear, mas com objetivo de destruiçao por radiaçao de neutrons e nao por ondas térmicas e de pressao… os neutrons seriam livres pra atingir coisas em volta e nao seriam usados para fissão, diminuindo a potencia da explosão, mas sendo letal em qualquer coisa viva por perto devido ao alto nivel de radiaçao…

  • Rogerio Dias Ccb

    Em 18 segundos do video 2 o tiozinho voando na explosao kkkkkkkkkkkkkk