A Mentira em Que Vivemos – Por Spencer Cathcart

11
24

Um documentário feito por Spencer Cathcart que mostra uma opinião sobre “A mentira em que vivemos”. Neste vídeo, o autor questiona a liberdade, o dinheiro, o sistema capitalista, a educação, o alimento, e tudo que mantém esse sistema. Assista aí:

(Obs. Tem legendas em Português)

Muitos podem até não concordar com a opinião do autor, mas certamente fez pensar sobre alguns fatos.

  • Luiz Augusto

    Como se fosse fácil juntar toda a humanidade e mudar o mundo, se isso fosse possível já teria acontecido a muito tempo. O mundo sempre vai ser essa desgraça, enquanto o ser humano existir, doa a quem doer.

    • Luis Fernando

      Mas ai que está, o vídeo se trata de cada um mudar.

  • Michel Piacenti

    Até concordo em alguns aspectos, principalmente sobre o meio ambiente. Mas um detalhe legal é que muitas empresas investem na área ambiental, mesmo sendo muito pouco mas podemos ser sustentáveis com o capitalismo. Já outros modelos de vida tipo o COMUNISMO acho meio violento com as pessoas, tipo em CUBA, KOREIA DO NORTE entre outros países que mata o próprio povo e opositores. Mas cada um com sua opinião..Até!

    • Luis Fernando

      O capitalismo também é violento com as pessoas, o comunismo também pode ser sustentável. Acho que o “sistema” que mais se encaixa com o vídeo é o anarquismo.

      • Deivid

        O comunismo não pode ser sustentável porque o comunismo é utópico, não existe e jamais existirá. Porque simplesmente existe pessoas que não querem ser iguais, querem ser mais. Isso é ruim? Não, por conta dessas pessoas, como Isaac Newton, Nikola Tesla, Alan Turing etc que chegamos ao nível que estamos hoje de sociedade e queiram ou não é a época mais civilizada que a sociedade já chegou e não foi graças a Karl Marx, Gramsci ou qualquer psicopata comunista.

        • Luis Fernando

          O capitalismo na sua essência, pode até ser um sistema bom, mas na pratica só gera desigualdade e egoismo, quer mostrar oque você é pelo que você possui, isso na minha opinião não está certo. Outro problema é a corrupção!

          • Deivid

            Melhor desigualdade e egoismo do que igualdade nivelada por baixo e solidariedade falsa.
            Se eu sou obrigado a entregar meus bens a outros eu não estou sendo solidário e nem livre.
            E por favor não venha me dizer que corrupção é culpa do capitalismo, corrupção é culpa do humano, outra coisa que a esquerda finge que não é verdade, humanos sempre vão se corromper seja no comunismo verdadeiro (não o utópico, o verdadeiro é aquele sanguinário praticado por Stalin, Lenin, Mao Tse-tung, Pol Pot etc) ou no capitalismo.
            Quanto mais for visado o lucro da empresa menor vai ser a corrupção, pois mais controle tera em gastos desnecessários, por isso sempre vai ter corrupção em estatais.

          • Michel Piacenti

            Tantos falam mal da privatização “TUCANA”, mas nunca fiquei sabendo que uma empresa privada ouve corrupção. Em estatais vemos toda hora isso, principalmente em mãos da esquerda (PSDB, PT, PSB, PC do B e por ai vai).

  • Marcelo G. A.

    Perfeito.

  • Deivid

    Sinceramente, não consegui passar do primeiro minuto. Só na introdução do vídeo já da de ver que vem besteira anarquista ou comunista.

  • André Paiva

    Eu juro que dou um pedaço de terra para este cara. Dou, não vendo, dou mesmo. Para ele não ter que ter dinheiro para comprar. Todavia, lá ele pode ficar no ócio e morrer à míngua, mas ele não vai precisar de comprar das grandes corporações e não vai precisar trabalhar para não ser escravo, mesmo que seja de si mesmo. Pode acordar na hora que quiser e dormir na hora que quiser. Não tem trabalho mesmo. Não vai precisar sustentar a elite (que por sinal não trabalha também, mesmo que seja um dono de empresa que “fica à toa” no seu escritório 16 horas por dia). Não precisa de remédios das indústrias farmacêuticas, nem da indústria da saúde, pois ele pode se tratar com o que a natureza lhe der. Não vai precisar preocupar com a questão ambiental, pois como ele não come ele não defeca, logo não polui a terra. Ele não precisa de carro, pois não precisa de locomover a grandes distâncias, a pé resolve tudo. Computador e novas tecnologias, esta inutilidade. Como ele faria o vídeo e o divulgaria sem isso? Aliás, devolve a terra, como ele quer total liberdade vai viver como nômade e coletor de frutas silvestres. Enfim, ele vai alcançar a felicidade sem depender da sociedade que ele escolheu não viver.