Quer receber as publicações do Uhull S.A. diretamente no Facebook?
Curta a nossa fanpage e seja notificado de tudo que sai aqui no Blog.

Um vídeo de um soldado iraquiano removendo um cinto bomba de uma criança de 7 anos viralizou pelo Facebook e Twitter no fim de semana.

O vídeo foi publicado pela jornalista Brenda Stoter Boscolo e mostra um homem desarmando uma bomba que estava amarrada na barriga de uma criança. Segundo informações, o soldado suspeitou da criança ao vê-la segurando algo em sua barriga.

– Mantenha os braços erguidos, filho – disse o soldado, enquanto soltava gentilmente a bandagem letal explosiva – que se acredita ter sido amarrada ao tronco do garoto por um membro do Estado Islâmico.

O menino é apenas mais um das milhares de crianças atingidas pela guerra contra o Estado Islâmico, um conflito interminável.

COMPARTILHAR
  • ajcorrea

    covardia..

  • Guilherme Tamanini

    É vendo esse tipo de coisa que a gente para pra pensar em que ponto da história a gente perdeu o fio da meada…

    • Human Nocturne

      garanto que os tempos medievais e pre medievais eram bem piores em todos os aspectos
      a taxa de mortalidade infantil era maior que 50% e as crianças trabalhavam com os pais dês dos 5 anos de idade pra ajudar a sustentar a família

      casos como esse não são a minoria. acontecem mais do que achamos que acontece. nós que nascemos privilegiados no nosso cantinho desenvolvido do mundo

  • O Muçulmanos são um bando de pessoas violentas