Vídeo mostra a atitude de policiais em manifestação estudantil em Cuiabá-MT


Vídeo mostra a atitude de policiais em manifestação estudantil em Cuiabá-MT

Amigos, antes de falar qualquer coisa, gostaria que assistissem o vídeo e analisassem a atitude dos policiais diante de uma manifestação estudandil. Em resumo, estudantes de Cuiabá-MT foram as ruas para busca de direitos estudandis e a polícia mandou ver na violência, atirando até mesmo em cinegrafistas e pessoas que estava pelo local:

O e-mail que recebemos da Patrícia Senna é o seguinte:

Meu nome é Patrícia Senna, sou estudante e entro em contato não para sugerir uma situação cômica, muito pelo contrário, trago algo que gera revolta e repugnância.

A história é a seguinte: Ontem pela tarde em Cuiabá – MT estudantes da UFMT saíram as ruas para uma manifestação pacífica em busca de direitos estudantis. Mas o que aconteceu foi uma barbárie, quando os policiais sem ao menos dialogar começaram a tentar retirar a força as barricadas que os estudantes tinham montado, nesta hora, alguns estudantes seguraram as mesmas e começou um empurra, empurra. E então de forma extremamente absurda a policia começou a atirar utilizando munição antimotim.

Estudantes foram agredidos, feridos e presos simplesmente, porque estão lutando por seus direitos.

O Brasil precisa saber disso, por isso precisamos da sua ajuda….

Cara, eu não sei o que aconteceu aí, mas policial nenhum pode sair agredindo pessoas por elas estarem na rua. Vi um garoto sendo atingido à queima-roupa, só por estar com uma câmera na mão, gravando a atitude dos policiais. Outro policial, em seguida, diz “Vá procurar seus direitos na justiça”, desconhecendo que é o direito deles estarem nas ruas. Depois ainda escuto alguém falando que “todos os policiais removeram o nome da farda”, ou seja, quem esconde, tem culpa.

Precisamos de polícia que gosta de agredir ou que ajuda o povo. Entendo que existem pessoas que não sabem manifestar, que gostam de quebrar tudo e fazer anarquismo, mas não é uma forma de impor ordem. Policiais deveriam honrar o nome, deixar ele justamente para as pessoas agradecerem e elogiarem, e não esconder para cometer “crimes”.

Bem vindo ao Brasil, que nunca muda.

log in

reset password

Back to
log in
Users Online