Quer receber as publicações do Uhull S.A. diretamente no Facebook?
Curta a nossa fanpage e seja notificado de tudo que sai aqui no Blog.

Se ainda estivéssemos nos tempos medievais, onde o arco e flecha eram as principais armas nas batalhas, certamente Lars Andersen seria um nome de muito respeito.

Esse sujeito descobriu recentemente que a sociedade moderna usava a flecha de forma errada, posicionando-a no lado errado do arco. Isso fazia com que o arqueiro levasse mais tempo para atirar uma flecha, além de precisar das duas mãos para posicioná-la.

Apenas assista e veja o que esse cara consegue fazer com um simples arco e flecha:

O cara é MUITO ninja!
Robin Hood seria fichinha pra ele.

COMPARTILHAR
  • Ken H.H

    O cara manja, mas precisa melhorar a posição de finalização :p
    Para quem se acha fodão e que consegue, tenta esticar a corda do arco, mirar sem tremer e ainda atirar a flecha no alvo.

    • Guilherme Ballas

      Se finalizasse com a pose e uma explosão no fundo, seria massa.

  • VINICIUS MENDES

    Se ele é tão bom assim, porque não disputa uma olimpíada!?!?!!

    • Felipe

      Cara, você ouviu o que foi dito durante o vídeo? O cara fez um estudo sobre como o arco e flecha era usado antigamente quando ele era realmente útil em uma batalha. Arco e flecha em uma olimpíada é basicamente sobre pontaria, nada mais do que ficar parado, olhar o alvo, parar e acertar. O cara fala sobre agilidade, sobre conseguir ser mais rápido, eficiente, atirar em movimento, posições diferentes, e ainda ter uma boa pontaria. E tudo isso por conta de um manuseio diferente, pois hoje a flecha vai por dentro do arco, e pelos estudo dele, antigamente era colocada por fora. Além da forma de se segurar as flechas, que possibilita que ele atire até 10 flechas bem rapidamente.